• Jéssica Iancoski

Um dia Fomos Pássaros - Jéssica Iancoski | Conto Cigano

Conto Cigano Um Dia Fomos Pássaros na versão de Jéssica Iancoski.


A História Infantil em Áudio foi gravada para o Podcast Infantil Jejéqui Lê.

Conta sobre uma época em que os ciganos ainda eram pássaros.


►► Conheça o Podcast Histórias para Dormir


Um Dia Fomos Pássaros (Conto Cigano: Jéssica Iancoski/Jejéqui Lê)

História Infantil em Áudio: Um Dia Fomos Pássaros


Conta a lenda que antigamente os ciganos eram pássaros e como bons pássaros que eram gostavam de voar por aí, nômades, sempre em busca de novos aprendizados.


Certo dia, em pleno vôo, o bando viu um enorme palácio dourado, brilhando ao sol e refletindo luz o suficiente para ofuscar a visão.


- Vamos descer para ver o que é isso! É magnífico! - disse um dos pássaros.


Então, todos desceram.


Ao pousar, logo perceberam que o palácio era habitado por perus, galinhas e patos - aves que não eram acostumadas a voar!


E essas aves maravilhadas, ou com muita inveja, não dá para saber, começaram a oferecer aos pássaros-ciganos todo o tipo de jóias e farturas para que eles não fossem embora.


Não demorou muito até que todos estivessem cobertos de correntes de ouro, dos pés à cabeça.


Afinal, era ouro! Era brilhante e era lindo!


Apenas um dos pássaros resistiu, dizendo:


- Tudo isto é inútil! Andem, precisamos voltar ao nosso vôo. Somos nômades! Como voaremos carregando tudo isso? Pode até ser lindo, mas o ouro é pesado! Impossível voar com ele.


Mas ninguém deu atenção a este pássaro. O pensamento já tinha sido ofuscado pelo brilho riqueza.


Então, com muita dor no coração, o pássaro que havia resistido, levantou o vôo sozinho.


“FLAFT FLAFT FLAFT”.


E só quando os outros pássaros ouviram o barulho das asas batendo ao vento que se lembraram do som da liberdade, acordando do entorpecimento.


“FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT” - todos começaram a bater as asas também….


Mas era tarde!


Realmente, o ouro pesava e os puxava para o chão. Então, nenhum deles conseguia voar!


E os perus, e as galinhas e os patos começaram a comemorar a vitória!


- AHAHHAHA! Vamos mantê-los para sempre aqui embaixo, acorrentados pelo ouro!


Foi quando de repente, uma pequena pena vermelha - vinda não se sabe da onde, alguns dizem que foi a ajuda que o pássaro que conseguiu voar encontrou - deslizou pelo céu caindo dentro do palácio...


E no exato momento em que ela tocou o chão, todo ouro que acorrenta os pássaros-ciganos caiu dos seus corpos “TIMMMMMMM” atingindo o chão também


“FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT FLAFT” - eles tentaram levantar vôo novamente.


Mas continuava tarde! As suas asas não obedeciam mais.


Então, a pena vermelha, levantada pelo vento do bater das asas dos pássaros, saiu voando suavemente do palácio, desaparecendo no horizonte.


Os pássaros-ciganos tentaram segui-la, mas aos poucos foram perdendo suas penas, uma por uma, transformando-se em humanos e esquecendo-se de como era voar.


É por isso os ciganos tem com corpo de homem e alma de pássaro.


►►► Compre um eBook com30 Fábulas de Esopo recontadas por apenas 5.99 para ajudar o projeto!


Podcast Infantil no YouTube =P

Clique para se INSCREVER no nosso canal!


SIGA NO INSTAGRAM

http://instagram.com/euiancoski

http://instagram.com/podcast.historias


#historiainfantil#literaturainfantil#jejequile #jessicaiancoski #contoinfantil #contocigano

  • Spotify Euiancoski
  • Instagram Euiancoski
  • YouTube Euiancoski

© 2020 por Jéssica Iancoski. 

Contato

jessicaiancoski@gmail.com

EU-i | CNPJ:33.066.546/0001-02 | Curitiba, PR