• Jéssica Iancoski

Silveira Neto - Poema Litanias | Poesia Brasileira Declamada

Manuel Azevedo da Silveira Neto foi um poeta simbolista brasileiro.


Ele nasceu no Paraná em 1872 e faleceu em 1942.


►► Leia o Livro de Poesia "Poilhias" de Jéssica Iancoski grátis no KindleUnlimited


(Poema de Silveira Neto "Litanias")

Litanias


O mesmo céu-que nós olhamos, olho:

Mundos gelados de saudade; admire-os

A alma que tenha, abrolho por abrolho,

Toda a loucura e todos os martírios.

Jorro de pranto com que os versos molho,

A Via-Láctea é um desfilar de círios.

Quanta tristeza para os céus desfolho

Na doida orquestração dos meus delírios! ...

E vou seguindo a ver, pela amargura,

Que as estrelas são lágrimas da Altura,

Ardendo como os círios dum altar.

Nada mais resta: e a vida, fatigada,

De no meu corpo ser tão desgraçada,

Foge-me toda para o teu olhar.

- Ibidem


Escute também no YouTube! =P


Clique no link para se INSCREVER no nosso canal no YouTube!

►►► https://www.youtube.com/channel/UCFs5WmyZ6IJhZvxGCwgq8dA?sub_confirmation=1


Conheça o Podcast Isto não são só Poesias: ►► https://open.spotify.com/show/163N38GrKyTBAfFN2nW1hU


SIGA NO INSTAGRAM

http://instagram.com/euiancoski

  • Spotify Euiancoski
  • Instagram Euiancoski
  • YouTube Euiancoski

© 2020 por Jéssica Iancoski. 

Contato

jessicaiancoski@gmail.com

EU-i | CNPJ:33.066.546/0001-02 | Curitiba, PR