• Jéssica Iancoski

Poema Ariano Suassuna - Soneto a infância | Melhores poetas brasileiros

Ariano Vilar Suassuna foi um escritor brasileiro.


Ele escreveu dramaturgia, ensaio, poesia e romance.


Nasceu em 16 de junho de 1927 na Paraíba.


E faleceu em 23 de julho de 2014 em Pernambuco.


Soneto A Infância


Sem lei nem Rei, me vi arremessado

bem menino a um Planalto pedregoso.

Cambaleando, cego, ao Sol do Acaso,

vi o mundo rugir. Tigre maldoso.


O cantar do Sertão, Rifle apontado,

vinha malhar seu Corpo furioso.

Era o Canto demente, sufocado,

rugido nos Caminhos sem repouso.


E veio o Sonho: e foi despedaçado!

E veio o Sangue: o marco iluminado,

luta extraviada e a minha grei!


Tudo apontava o Sol! Fiquei embaixo,

na Cadeia que estive e em que me acho,

a Sonhar e a cantar, sem lei nem Rei!


Escute Também pelo YouTube

Clique no link para se INSCREVER! ►►► https://www.youtube.com/channel/UCFs5WmyZ6IJhZvxGCwgq8dA?sub_confirmation=1

►► Conheça o Podcast Isto não são só Poesias:

https://open.spotify.com/show/163N38GrKyTBAfFN2nW1hU

SIGA NAS REDES SOCIAIS

http://instagram.com/euiancoski

http://twitter.com/euiancoski

https://soundcloud.com/euiancoski

  • Spotify Euiancoski
  • Instagram Euiancoski
  • YouTube Euiancoski

© 2020 por Jéssica Iancoski. 

Contato

jessicaiancoski@gmail.com

EU-i | CNPJ:33.066.546/0001-02 | Curitiba, PR