• Jéssica Iancoski

Florbela Espanca - Poema Fanatismo | Poesia Portuguesa

Soneto Fanatismo de Florbela Espanca.


Florbela Espanca foi uma poetisa portuguesa.


Ela nasceu em 1894 e se suicidou em 1930, aos 36 anos.


Sua vida foi plena, embora tumultuosa, inquieta e cheia de sofrimentos íntimos - os quais soube transformar em poesia da mais alta qualidade, carregada de erotização, feminilidade e panteísmo.


►► Por  5,99 você aceita um adicional de Sonetos para acompanhar? Apoie o projeto! =P

https://www.amazon.com.br/dp/B08DJ61J4R/


Fanatismo (Poesia Portuguesa: Florbela Espanca/Toma Aí Um Poema)

(Poema de Florbela Espanca "Fanatismo")

Fanatismo


Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida

Meus olhos andam cegos de te ver !

Não és sequer a razão do meu viver,

Pois que tu és já toda a minha vida !


Não vejo nada assim enlouquecida ...

Passo no mundo, meu Amor, a ler

No misterioso livro do teu ser

A mesma história tantas vezes lida !


"Tudo no mundo é frágil, tudo passa ..."

Quando me dizem isto, toda a graça

Duma boca divina fala em mim !


E, olhos postos em ti, digo de rastros :

"Ah ! Podem voar mundos, morrer astros,

Que tu és como Deus : Princípio e Fim ! ..."


Poesia Portuguesa no YouTube =P


Clique no link para se INSCREVER no nosso canal no YouTube! ►►►

https://www.youtube.com/channel/UCFs5WmyZ6IJhZvxGCwgq8dA?sub_confirmation=1

Conheça o Podcast Isto não são só Poesias:

►►https://open.spotify.com/show/163N38GrKyTBAfFN2nW1hU

SIGA NO INSTAGRAM http://instagram.com/euiancoski

#tomaaiumpoema #poesiaportuguesa #florbelaespanca #poemaamor #soneto #poetisa

  • Spotify Euiancoski
  • Instagram Euiancoski
  • YouTube Euiancoski

© 2020 por Jéssica Iancoski. 

Contato

jessicaiancoski@gmail.com

EU-i | CNPJ:33.066.546/0001-02 | Curitiba, PR