• Jéssica Iancoski

Ana Cristina Cesar - Soneto | Poesia Brasileira

Poema de Ana Cristina Cesar Soneto.


Ana Cristina Cruz Cesar foi uma poeta, crítica literária, professora e tradutora brasileira, conhecida como Ana Cristina Cesar.


É considerada um dos principais nomes da geração mimeógrafo, conhecida também como a literatura marginal da década de 1970.


Nasceu em 1952 e morreu em 1983, aos 31 anos por suicídio.

►► Apoie o projeto! E nos ajude a espalhar mais poesia

https://apoia.se/tomaaiumpoema

Soneto (Poesia Brasileira: Ana Cristina Cesar/Toma Aí Um Poema)

Poema: Soneto

Poeta: Ana Cristina Cesar

Voz: Jéssica Iancoski | @euiancoski


Use #tomaaiumpoema

Siga @tomaaiumpoema

Soneto


Pergunto aqui se sou louca

Quem quer saberá dizer

Pergunto mais, se sou sã

E ainda mais, se sou eu


Que uso o viés pra amar

E finjo fingir que finjo

Adorar o fingimento

Fingindo que sou fingida


Pergunto aqui meus senhores

quem é a loura donzela

que se chama Ana Cristina


E que se diz ser alguém

É um fenômeno mor

Ou é um lapso sutil?

(A teus pés. São Paulo: Brasiliense, 1982.)

Soneto (Poesia Brasileira: Ana Cristina Cesar/Toma Aí Um Poema)

Poesia Brasileira Declamada no YouTube =P


Conheça o Podcast Isto não são só Poesias: ►►https://open.spotify.com/show/163N38GrKyTBAfFN2nW1hU


SIGA NO INSTAGRAM

http://instagram.com/euiancoski


#anacristinacesar

#poesiabrasileira

#poetisa

  • Spotify Euiancoski
  • Instagram Euiancoski
  • YouTube Euiancoski

© 2020 por Jéssica Iancoski. 

Contato

jessicaiancoski@gmail.com

EU-i | CNPJ:33.066.546/0001-02 | Curitiba, PR