• Jéssica Iancoski

Adélia Prado - Poema Janela

Adélia Luzia Prado de Freitas foi uma grande escritora brasileira.


Ela contribuiu principalmente escrevendo poesias e contos.


Adélia Prado enquadra-se no modernismo brasileiro e tem um estilo único marcado pela junção da fé cristã e o lúdico.


A escritora nasceu em 13 de dezembro de 1935 em Minas Gerais, atualmente tem 84 anos.



Poema Janela


Janela, palavra linda.

Janela é o bater das asas da borboleta amarela.

Abre pra fora as duas folhas de madeira à toa pintada,

janela jeca, de azul.

Eu pulo você pra dentro e pra fora, monto a cavalo em

você,

meu pé esbarra no chão.

Janela sobre o mundo aberta, por onde vi

o casamento da Anita esperando neném, a mãe

do Pedro Cisterna urinando na chuva, por onde vi

meu bem chegar de bicicleta e dizer a meu pai:

minhas intenções com sua filha são as melhores possíveis.

Ô janela com tramela, brincadeira de ladrão,

claraboia na minha alma,

olho no meu coração.


Acompanhe Também pelo YouTube


Clique no link para se INSCREVER! ►►► https://www.youtube.com/channel/UCFs5WmyZ6IJhZvxGCwgq8dA?sub_confirmation=1

►► Conheça o Podcast Isto não são só Poesias:

https://open.spotify.com/show/163N38GrKyTBAfFN2nW1hU

SIGA NAS REDES SOCIAIS

http://instagram.com/euiancoski

http://twitter.com/euiancoski

https://soundcloud.com/euiancoski

  • Spotify Euiancoski
  • Instagram Euiancoski
  • YouTube Euiancoski

© 2020 por Jéssica Iancoski. 

Contato

jessicaiancoski@gmail.com

EU-i | CNPJ:33.066.546/0001-02 | Curitiba, PR